cristina-brandao-lavender-2014cristina-brandao-lavender-20141978624_544472605667978_1146272178_n

Sempre disse, como outros o disseram antes de mim, que “a humanidade não é grande coisa”. Hoje, mais uma vez, verifico a verdade desta declaração. Não há aqui mentira nenhuma – infelizmente. Há conceitos e conceitos e tudo tem, no mínimo, dois lados de percepção. Para a humanidade a vingança serve-se (sempre) fria. Muito fria. Gelada mesmo. E magoa. E humilha. E dói. Mas o que não dói, não magoa e não humilha é o nosso coração ver a verdade. A “nossa” verdade. E ela está lá. E ela amornece os nossos pés gelados. E ela constrói-se com o que aprendemos com as nossas mães e com as mães das nossas mães e com a mãe maior de todas as mães: a vida. E a vida não é porra nenhuma quando descobrimos que a humanidade não é grande coisa. Especialmente a humanidade pertinho de nós.

All original content on these pages is fingerprinted and certified by Digiprove