Uma pessoa deixa de ser gente quando deixa de ver o sol no sol, a lua na lua. Em vez disso depois de ver passa a sentir, depois a sonhar, e a alma abre-se, e o sorriso alarga-se e os pés voam, tocando apenas ao de leve no caminho. E é assim que gente se torna mais pessoa porque ao sentir melhor, também chora.

All original content on these pages is fingerprinted and certified by Digiprove