avistamentp+21

lindo
se a alma
fala,
na mudez de lábios cerrados .
lindo
quando a pele
estremece,
no deitar de gentes amadas.
lindo
sempre que os olhos
gritam,
pelas sombras de uma luz que se cala.
lindo
se o silêncio
enfurece
o alfabeto de um povo que reza.

Cristina Brandão Lavender

All original content on these pages is fingerprinted and certified by Digiprove