DSCF7690foto CBL

Tenho um fascínio por linhas e sombras, traços contínuos ou finitos, de espessura variável, reais ou fictícios  a entrar nos meandros dos percursos e recursos intrincados do ser. O que é a vida senão este contínuo vai-vem, umas vezes organizado, outras vezes caótico, mas sempre interessante, por vezes excitante, e que nos faz fugir a sete pés da monótona e limitada humanidade. Estes traços, que até nas linhas de um texto nos matam o enfado, são o meu refúgio, o remédio e a forma de organizar o íntimo, evitando o perigo da insensibilidade, apatia, desinteresse e indiferença perante o que somos, com quem estamos, quando estamos.

Linhas e sombras, espaço e fiadas horizontais, verticais ou onduladas são uma das realidades em que deixo mergulhar a fotografia.

5 de Maio de 2016

All original content on these pages is fingerprinted and certified by Digiprove