Só construo muros inabaláveis e intransponíveis contra pessoas sem bom carácter, contra todos os crimes de corrupção daqueles que roubam dinheiros públicos ou promovem o enriquecimento pessoal à custa do trabalho e da boa vontade dos outros, e contra, ainda, os que não praticam uma política social igualitária, no entanto prefiro a construção de pontes, pontes essas que conduzam ao apoio das melhores políticas de inclusão, que dêem prioridade à educação e à cultura, que garantam o livre acesso aos cuidados e serviços de saúde, que unam e adoptem as directivas que promovam a segurança dos cidadãos, que suportem igualdade de género, de raça, de credo, e de orientação sexual, que tomem por prioridade as políticas sociais e que acreditem, e pratiquem, na totalidade, políticas ambientais para preservação do planeta. Tenho por convicção que seríamos todos muito mais felizes.

All original content on these pages is fingerprinted and certified by Digiprove