GAbi e Avo

Eis uma sessão de striptease a expor toda a nudez. Toda uma vida a vestir, em sentido contrário, a inquietude. Ao tentar despir-me ia pondo cada vez mais peças de roupa, camadas atrás de camadas. Foram tantas as modas que usei, ao longo dos anos, que comecei a ter dificuldades no andar, esquecia o respirar e, às vezes, o comer. Tomei então uma decisão para todo o sempre ou para o que resta dele: despir todos os falsos eus que construí involuntariamente, que não interessam, que atraíram uma busca imbecil de aceitação e de aplausos, até compreender porque assim agia. Sabemos, e bem, como isso sufoca e as opiniões são como as cerejas: toda a gente tem mais do que uma, mesmo que uma já fosse demais. Foi então que começaram as descobertas: afinal tudo o que vivemos é amor porque o ódio não é mais do que um grande buraco no amor; não perdi amigos: eles é que me perderam; espumo, como um cão raivoso, quando falho, mas aprendo com isso; faço mais do que posso e que amanhã acharei que pouco ou nada fiz; quem tudo quer tudo perde, mas quem nada quer: também; fiz coisas loucas e outras completamente banais e não me arrependo de nenhuma, tais como: fugi de casa, na adolescência, e fui suspensa de um colégio por deitar tinta-da-china vermelha na água benta – efeitos especiais de um milagre divino; bebi aguardente, em jejum, para combater o frio das pessoas e do inverno, quando vim de África, sem saber o mal que fazia; fui empregada de uma sapataria e treinei uma equipa de futebol, mesmo sem experiência de nenhuma; fui campeã de natação de bruços e nadadora salvadora de piscinas, no verão, mas ainda não salvei, verdadeiramente, ninguém; levei uma peça à cena, não prestou para nada, mas fiquei mais rica com isso; fiz teatro amador e profissional desde que nasci e é isso: o viver; dei a alma aos alunos da minha carreira, mas deles recebi imensas almas e imensas vidas; foi uma existência cheia de nadas e de coisa nenhuma, mas que por nada a trocaria. E assim foi.

Cristina Brandão Lavender

All original content on these pages is fingerprinted and certified by Digiprove