Oecusse_cities_rivers

É uma alegria imensa poder estar em solo Timorense e participar numa data tão importante da história deste povo irmão. Os 500 anos da chegada dos Portugueses ao porto de  Lifau, em Oecusse, constituem um marco incrível e, pisar esta terra que há muitos anos começámos a amar, aquando se comemora tão importante data, é, em boa verdade, um privilégio. Não o esquecerei nunca, assim como não esquecemos quando, incansavelmente, contra tudo e contra todos, se contava ao mundo as injustiças e o sofrimento deste povo, e se defendia o direito da luta da Resistência pela sua autodeterminação. Mandar emails num ambiente DOS e participar em CHATS com pessoas de todo o mundo, passando, diariamente, a mensagem sobre o que se passava em Timor foi algo de que me orgulho de ter participado, conjuntamente com um grupo liderado por João Correia de Freitas da Universidade Nova de Lisboa. Foi trabalho de formiguinhas muito necessário, às vezes inglório, mas do qual nunca desistimos. Recordo as notícias contraditórias sobre a prisão de Xanana Gusmão e da morte de muitos dos seus guerrilheiros. A maioria das pessoas dos países com quem comunicávamos não sabia sequer da existência do povo, desconhecia totalmente a sua situação geográfica, assim como as condições em que vivia. Mandávamos coordenadas, ganhávamos aliados em muitos países, e usávamos nomes de cidades e países vizinhos, como referência, para que a mensagem fosse passando. Sabemos que foram muitos anos de sofrimento que culminaram com aquele dia fatídico “do rezar em coro, em Português, no cemitério de Santa Cruz, unindo um Povo, ao som das balas impiedosas”. Outros acontecimentos nos emudeceram, como uma reportagem filmada à noite, de um povo amordaçado em debandada, pela calada da noite, em segredo, montanha acima, onde nem às crianças era permitido chorar. São imagens de dois povos que sofreram juntos, estão vívidas na memória colectiva, e também elas fazem de nós irmãos.

Cristina Brandão Lavender

All original content on these pages is fingerprinted and certified by Digiprove