Nas li______________nhas com CRISTINA BRANDÃO LAVENDER

nas mãos abertas ao agora
te levo pedaços de minh’alma
porque bebo nestes corpos tão frágeis
a coragem de me ir embora.

All original content on these pages is fingerprinted and certified by Digiprove