Prá Terra ligam-nos
ouvintes do vento

serão com verdade e tento,
no conteúdo e na substância,
estas mensagens truncadas
de onde cessa a quietude.
revelam-se em sussurro os murmúrios,
o lento êxtase da eclosão.
sentados em ânsias,
apresenta-se uma turbe de fantasmas.
vultos esborratados em escuridão

pra não morrer
cavam-se fundo os negros túneis, até ao longe, de esticada.
e sorvi e de uma só vez,
o negrume de um longo grito.
embrulhei-me no som áspero, em rajadas
gritei ao vento palavras consternadas:
os sentidos convulsos, excitados
renasceram num banco de jardim
iluminados por lua prenhe de morcegos

 

All original content on these pages is fingerprinted and certified by Digiprove