E a boneca, com o corpo cheio de riscos de marcadores de todas as cores feito pela mão da criança que eu era quando nasceste, parece o mapa desta existência. As manchas, as nódoas que ela encardia na pele, eram os caminhos cartografados pela mão de uma criança.
Uma criança mãe. Sem perda.

All original content on these pages is fingerprinted and certified by Digiprove